Latidos

junho 5, 2017 11:56 am Publicado por Deixe um comentário

Cachorros latem ao ritmo de ‘Star Wars’.avi. Ulisses Galazzo (Canal Youtube)

Entender o significado dos latidos pode ajudá-lo a estabelecer uma convivência mais harmônica e tranquila com seu cão, dentro e fora de casa. Ainda que a observação corporal e mesmo os sinais olfativos, por exemplo, sejam de extremo valor na comunicação, os latidos muitas vezes são a forma mais direta e eficiente dos cães obterem uma reação imediata do seu interlocutor.

Em linhas gerais, existe um tipo de linguagem sonora universal entre os cachorros, entendida por todos os indivíduos da espécie. Embora estejamos longe de compreender todas suas sutilezas, essa linguagem perece determinada por um conjunto de sons com variações de altura, duração e frequência. Abaixo apresentamos um resumo do que Stanley Coren escreve em seu livro “Os Cães Sonham?”, Editora Paralela. Complementamos com algumas inferências, resultados da nossa observação aqui na creche para cães Ossos do Ofício.

No entanto, antes de prosseguirmos é importante ressaltar que existem inúmeros estudos sobre os latidos. Muitos corroboram, total ou parcialmente, com a visão do autor. Outros não. O que relatamos a seguir serve apenas como aperitivo para o leitor. Caso queira se aprofundar sobre o assunto, por favor escreva ou ligue para a Ossos do Ofício que teremos prazer em indicar literaturas específicas sobre o tema.

Altura do som

Na natureza, sons de baixa frequência são emitidos por objetos maiores. Portanto, se o cão emite um rosnado ele está dizendo: “Sou grande e ameaçador, mantenha distância”. Ao contrário, sons agudos estão relacionados a objetos menores. Assim, mesmo que o cachorro seja grande, se quiser indicar comportamentos amigáveis pode ganir ou gemer, sinalizando uma aproximação segura.

Duração do som

Quanto mais longo, mais firme e decidido está o cão. Um rosnado longo é ameaçador e diz: ”Se vier me enfrentar estou pronto para tudo”. Rosnados curtos podem revelar medo, dúvida para identificar uma real ameaça ou até “Afaste-se. Não estou gostando muito da brincadeira”.

Frequência do som

Sons repetidos normalmente revelam excitação, urgência e/ou ansiedade. Um cachorro que passou o dia sozinho e late repetidamente ao ouvir o barulho do motor do carro do tutor pode estar dizendo ”Puxa, estou com fome”, “Puxa, lembrei de que é hora do jantar” ou até “Nossa, por que você demorou tanto?”.

Quando um cachorro quer brincar com outro, pode latir repetidamente ao amigo: “Ei, o que você está esperando para vir correr comigo?”.

Latidos graves e ininterruptos denotam briga iminente.

A baixa taxa de repetição dos latidos, por outro lado, indica pouco interesse por algo nos arredores.

Sequência de dois a quatro latidos com pausas

Alarme clássico e mais comum. Significa: “Algo está acontecendo. Chame a matilha”.

Sequência contínua, em baixa frequência e mais devagar que o latido de alarme

Problema iminente. Perigo próximo. “Esteja pronto para se defender.”

Um ou dois latidos agudos, de alta ou média frequência

Cumprimento típico, normalmente seguido de lambidas e excitação por ver se aproximar uma pessoa ou cão que de quem gostam.

Ganidos

Em volume alto e alta frequência, geralmente indicam que o cão se machucou. Se o machucado for causado por outro cão, é como se dissesse: “Se afaste, estou ferido, não quero brigar”.

Já o ganido em volume baixo e baixa frequência, normalmente emitido quando o cão está recolhido num canto, pode significar dor profunda e constante. Nesse caso, leve imediatamente seu amigo a um veterinário!

Longa sequência de latidos com pausas deliberadas

Cão sozinho, pedindo companhia.

Latido balbuciante, que soa como “Arff, Huff”

Se as patas dianteiras estiverem plantadas no chão, as traseiras levantadas e o rabo abanando: “O que você está esperando para brincar comigo?”.

Uivo

Animal comprime as costelas, traz o coração para perto da garganta. Pode olhar à lua, pede a ela para reverberar seu chamado: reunião da matilha. Solidão. Ou saudade da companheira amada.

É isso por hoje pessoal.

 

Abraços,

Ricardo

Ossos do Ofício – Creche e Hotel para Cães

11 9.4197-7799

Tag: , , , , , , , , ,

Categorizados em:

Este artigo foi escrito porRicardo Assumpção

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *